Conto Erótico: Sozinha em casa

Posts de seguidores, amigos e parceiros são sempre bem vidos. Dessa vez a @ @citosafadeza resolveu contribuir com seu conto erótico. Nele, uma menina sapeca encontra um vibrador e resolve brincar com ele.

Lembrem-se daquele convite maroto: caso você queira fazer seu post, criar seu conto ou deixar sua contribuição especial para o blog, use nosso formulário de contato com o título, o texto e seu nick para publicarmos.

Confiram:

Meus pais viajaram sozinho para a casa da minha avó, no Amazonas. Como prometido eles me levariam junto, mas eu não poderia perder uma semana de aula na escola e minhas notas já não estavam muito boas, eu resolvi ficar em casa mesmo.

Eram três da tarde quando resolvi dormir um pouco antes de ir pra aula, pois eu não tinha dormido direito na noite passada. Como estava muito cansada não demorei pegar no sono. Foi quase instantâneo. Mas acabei esquecendo de colocar o despertador para as 17:00 da tarde, para poder me arrumar. Acordei assustada, pois já tinha dormido muito e não podia perder as quatro aulas, a matéria é complexa e eu ainda tinha uma prova, mas não teve jeito. Já eram 19 horas, fiquei em casa mesmo.

garota e vibrador rosa

Como eu não tinha nada pra fazer, resolvi colocar um filme pra assistir. Eu adoro aqueles com bastante romance e erotismo e minha mãe tinha muitos no quarto dela. No guarda roupa peguei a caixa de sapatos onde ela guardava os filmes e coloquei encima da cama. Quando abri me deparei com um vibrador rosa junto com os filmes. A cena me fez rir, mas nem dei muita importância, foquei em começar a procurar algum filme.

Enquanto procurava senti como se um mosquito tivesse me picado. Instintivamente comecei a coçar e, sentir minhas unhas arranhando minha pele acabou me deixando um pouco excitada. Quando vi já tinha deixado o filme de lado e deitado na cama. Comecei a lembrar de um garoto da sala que eu gostava, eu estava imaginando ele aqui na cama comigo, me beijando loucamente, e isso me deixava cada vez mais excitada.

Eu o imaginava sem camisa, com aquele corpo sarado em cima de mim, mordendo meu pescoço carinhosamente. Eu estava muito excitada, já dava para sentir a minha  bucetinha molhada de desejo. Meu corpo já estava quente de tanto tesão. Logo eu estava só de calcinha, com meu dedinho na boca e acariciando o bico dos meus peitos que já estavam durinhos. Eu me arrepiava toda com aquilo, ficava cada vez mais molhadinha. Desci a mão deslizando os dedos sobre minha barriga, imaginando que fossem os dedos dele.

Eu não resisti e com minha mão dentro da calcinha enfiei lentamente dois dedos dentro da minha buceta que já estava encharcada de prazer. Eu fazia um vai e vem lento com meus dedos e gemia baixinho.

Ao acariciar meu clitóris senti uma onda de prazer me invadir e quanto mais eu pressionava mais prazer eu sentia e isso me fazia gemer ainda mais. Eu já estava louca de tesão quando lembrei do brinquedinho da mamãe.

Peguei aquele vibrador rosa e coloquei só a cabecinha dentro da minha bucetinha, aquilo vibrava e eu gemia cada vez mais alto, era difícil me controlar. Fui enfiado lentamente enquanto me contorcia, meus peitos estavam empinadinhos de tanto tesão.

Aquilo era maravilhoso, eu comecei a colocar e tirar rapidamente o vibrador na minha buceta que já estava inchada de tanto prazer, eu gemia muito alto, não estava nem ai se alguém fosse escutar lá fora, a única coisa que eu conseguia pensar era no pênis daquele homem dentro de mim e muitos gemidos depois tive aquele orgasmo delicioso.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.