Crônicas de uma GP: Transex, eu & um safado lambedor

Ano novo, vida nova, contos novos, mas uma coisa que permanece igual é nossa maravilhosa Suzanna Prado narrando suas histórias e aventuras como garota de programa. No episódio de hoje, nossa GP conta um caso recente de um ménage à trois com ela, um cliente e uma transsex.

Caso você queira fazer seu post, criar seu conto ou deixar sua contribuição especial para o blog, use nosso formulário de contato com o título, o texto e seu nick para publicarmos.

Nesse conto, em especial, temos uma novidade: os áudios pornô. Isso mesmo, você vai poder ler ou ouvir nossa deliciosa companheira narrando suas aventuras. 

Confiram:

 

Ele um maravilhoso lambedor, nasceu com o dom de degustar uma fêmea.
Já fazia um tempo que ele me pedia uma "boneca" para um ménage à trois.

Fiz o contato com uma boneca amiga minha, e fomos nós duas ao encontro dele que já estava numa mega suíte duplex nos  esperando apenas envolto à toalha. Nos ofereceu whisky (minha bebida preferida).

Tratei de apresentá-los. Beijos na boca de todos.  Ele?  Um bocão digno de um lambedor.

A Boneca foi ao andar superior para jogar uma ducha.
Fiquei trocando carícias e safadezas com aquele homem,  que me olhava e dizia: "Su, você não presta! Trouxe mesmo meu presente!".

Eu sorria enquanto ele me sugava com sua boca molhada,  gelada com o whisky,  respondi para ele se acalmar e tratar de ser feliz.

Ela desceu,  veio direto  ao nosso encontro.  Nos misturamos de tal forma, viramos apenas um.
Eu conduzia o trio com serenidade e tesão em ver aquele homem delicioso sem saber o que fazer com uma safada e uma Boneca que tanto atormentava os sonhos dele.

Dei sinal para a Boneca entregar sutilmente seu membro na boca do lambedor, percorri seu corpo e parei no meio de suas pernas.  Ali permaneci sentindo cada vibração de seu prazer.

Ele pediu para trocarmos de lado. O fetiche dele era me ver sendo possuída por uma Transex. Para nós?  Fácil,  já estávamos acostumadas a nos agarrar. (risos)

Ele  como em belo lambedor que é, tratou de ficar por baixo de mim me devorando com sua língua  enquanto a Boneca se servia da minha bunda.

Como deve ser feito, a Boneca não resistiu muito tempo, atingindo êxtase.
Chegada minha vez, sentei no colo daquele delicioso, nisso nossa amiga subiu para outra ducha.

Fiquei ali naquele colo, cavalgando. Já estavamos suados quando ela retornou.  Trocamos novamente de lugar. Ele começou a mamar deliciosamente a Boneca, eu voltei para o seu colo.

Dei sinal positivo para minha amiga Transex, ela prontamente despejou todo seu prazer no rosto dele.
Todo mundo satisfeito. Com um sorriso de quero mais.

Uma breve pausa. Amenidades jogadas ao tempo. Whisky.  Gelo.

Peguei uma pedra de gelo e comecei a percorrer o corpo dele, sua pele toda eriçada. A Boneca foi lhe beijar e trocar carinho.

Todos estávamos prontos para novamente nos divertirmos. Posicionei nossa amiga e disse a ele: "come que essa bunda é sua".

O que eu menos esperava aconteceu.  Ele não quis.  Olhou para mim,  com olhos famintos e me disse que desejava devorar minha bunda.  Desejo realizado.

Me posicionei, nossa amiga se encaixou em baixo de mim,  assim eu podia mamá-la tranquilamente enquanto o safado me saboreava como um animal no cio.

Ele ao êxtase.
Eu idem.
Nossa amiga perdemos a conta quantas vezes a safada se divertiu. Ela não economiza no seu prazer e no nosso!

Fiz uma massagem sensitive.  Mais whisky.  Mais conversas ao vento. Ducha.
Nos beijamos já com saudades e mais desejos.
Peguei meus presentes que gentilmente ele havia me trazido do Estado onde ele estava residindo.

Satisfação plena.
Ménage com uma travesti maravilhosa e um lambedor de primeira!

Despedidas feitas,  mais um beijinho.
Entramos em meu carro rumo ao próximo safado.  Afinal minha amiga Boneca estava em curta temporada em SP.

Nossos horários e "traseiros"  estavam concorridos.

Fomos!
Até breve.

Por: Suzanna Prado
www.suzannaprado.com
Twitter @suzannaprado_gp
Cel  11 - 98430 6767

Veja também

One Comment

  1. Guilherme 06/01/2016

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.